segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Espetinhos chineses? Tô fora!

Dizer que a comida chinesa é “exótica” é um grande eufemismo!  Dá uma olhadinha nas fotos abaixo e depois me responde. Antes, um aviso: só veja as fotos se você tem o estômago forte!

 Espetinhos de escorpião, cavalo-marinho, estrela-do-mar...
...espetinho de lula, eu acho.
Ou que tal aranha ou lacraia no palito?
E isso aqui seria o quê? Uma lagartixa aberta?
Esse escorpião tá mais rechonchudo!
Tem também gafanhoto...

...bicho-da-seda e uns besourinhos...

E aqui uma variedade: minhoca, lacraia e sei lá mais o quê.

E aí, gostou? Saiu correndo para o banheiro? Aposto que fez aquela cara feia, de nojo...
Então, que tal trocar o “exótica” por “repugnante”? Pelo menos, no que diz respeito a esses espetinhos, não dá pra usar palavra diferente, concorda?
A verdade é que estava ansiosa pra conhecer a famosa Wangfujing Dajie, a rua dos tais espetinhos que são sempre lembrados quando se fala de comida chinesa. É uma das ruas mais populares da cidade – tem 700 anos – e é um dos símbolos do comércio de Beijing. Fica a poucos metros da Praça da Paz Celestial, ou seja, pertinho daqui também. Fui empenhada em provar as “iguarias”, mas quando cheguei lá, cadê a coragem? Ficou em casa! Não dá, gente. Cheguei perto, fiquei olhando, e não consegui imaginar aqueles bichos descendo por minha goela abaixo. Acho que acabaria vomitando, o que seria terrível, porque a rua estava lotada! Certamente eu iria “batizar” o sapato de algum chinês distraído.
A gente pensa que esses espetinhos são só pra turista, mas não é bem assim. Um chinês comprou dois espetinhos de escorpião e comeu bem ali na minha frente. Argh! E olha que o vendedor do quitute ainda deu uma pincelada nos bichinhos... deve ser o “tchan”da coisa!
Chegamos a parar para perguntar o preço: 25 RMB cada espetinho com três escorpiões – mais ou menos 7 reais. Baratinho, né? Mas achamos caro – desculpa pra não comprar – e não levamos. Pra ser sincera, queríamos tirar uma foto fingindo que estávamos comendo o tão delicioso petisco chinês, e o “alto” preço serviu de desculpa pra deixar pra próxima. Parece que tem barraca que vende o espetinho por 10 RMB, mas não encontramos por esse preço. Era domingo, rua lotada, dia de “pegar” os turistas!
No fim das contas foi interessante conhecer mais esse lado de Beijing. A Wangfujing é uma grande rua, com lojas de marca, dois grandes shoppings, e onde fica uma das maiores livrarias da cidade, a Foreign Language Bookstore. A parte dos espetinhos, juntamente com várias lojas que vendem inúmeras bugigangas chinesas, fica num beco lateral. Me senti na "Saara", no centro do Rio. Igualzinho, tirando os espetinhos, é claro.
A "Saara" de Beijing lotada.
Já provei alguns pratos chineses e até gostei, mas espetinho AINDA não dá! Certamente ainda vou voltar outras vezes lá na Wangfujing pra levar os amigos que vierem nos visitar. Aí, quem sabe, tomo coragem e experimento um espetinho daqueles? Será? Façam suas apostas!

4 comentários:

  1. Andréa, a sensação foi exatamente de ânsia de vômito, até porque eu nunca tinha visto "de tão perto!". Ai, ai, de embrulhar mesmo o estômago!!!!

    ResponderExcluir
  2. É terrível!!! A garotada aqui já provou - a Amanda e a Gigi, não - e disse que tem gosto de fritura. Eu não tenho coragem pra isso!

    ResponderExcluir
  3. Descobri o lugar perfeito para fazer um regime ou mesmo montar um SPA.... tem que ser muito forte!!! beijão e adorei o seu blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii. Aqui é assim: tem que ter estômago forte! Beijinhos pra vocês!

      Excluir